quinta-feira, 12 de julho de 2012

CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS (CFO) NA PMPE


O ESPADIM É O SÍMBOLO DO ALUNO DO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS








FOI ANUNCIADO NO PACOTE DO GOVERNO, QUE O ESTADO ABRIRIA VAGAS PARA O CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA PMPE E BOMBEIROS, E QUE AS INSCRIÇÕES SERIAM ABERTAS AINDA ESTE ANO. PARA A PMPE, SERIA 100 (CEM)VAGAS. ORA! ME CONTARAM QUE A DÚVIDA SERIA: SE ABREM SÓ PRA QUEM TEM O CURSO DE DIREITO, OU PARA QUALQUER CURSO SUPERIOR. MINHA SINGELA OPINIÃO É: SE PRETENDEMOS NO FUTURO TERMOS FORÇA E QUEM SABE ATÉ PLEITEARMOS UMA ISONOMIA COM DELEGADOS E O MINISTÉRIO PÚBLICO, SERIA ABRIR VAGAS SÓ PARA QUEM TEM O CURSO DE DIREITO, SERIA UM PASSO PARA UMA UNIFICAÇÃO MAIS TRANQUILA ENTRE AS POLICIAS, OU PARA OUTRAS PRETENSÕES DE MELHORIAS DO EQUIPAMENTO POLICIAL. AGORA SE FOR SÓ PRA COLOCAR OFICIAL E FORMAR EM POUCO TEMPO E CONTINUAR A MESMA COISA, QUALQUER FORMAÇÃO SUPERIOR SERIA CABIDA!INCLUSIVE DE DIREITO, POIS, PARA SER POLICIAL MILITAR, PENSAR NÃO É CONDIÇÃO SINE QUA NOM,(SEM A QUAL), PARA O EXERCÍCIO DA PROFISSÃO E SIM DIZER: SIM SENHOR E NÃO SENHOR, ALÉM DE SER UM CUMPRIDOR CANINO DAS ORDENS SUPERIORES.



TALVEZ O PROBLEMA SEJA ENCONTRAR ADVOGADOS, BONS! PORQUE ADVOGADOZINHO DE MEIA TIGELA ESTAMOS CHEIOS, PARA PASSAR MAIS 2 ANOS FAZENDO UM CURSO MILITAR PARA GANHAR O QUE GANHA UM ASPIRANTE. TIVEMOS O EXEMPLO DOS MÉDICOS QUE, DE 50 DEPOIS DE FORMADOS, QUANDO DISSERAM QUE IRIAM SER ASPIRANTES, PRA DEPOIS SEREM 2º TEN, 1º TEN... (25 PEDIRAM DEMISSÃO NA HORA). COM A CARREIRA EMPERRADA DO JEITO QUE ESTÁ, NÃO VIRAM FUTURO.

57 comentários:

  1. A ideia de ser o curso de direito, é enxugar do coteúdo programático as diciplinas de direito que compõem boa parte da carga horária do CFO tradicional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUAIS OS MOTIVOS PARA O REQUISITO DE NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO PARA O CFO (CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS)?
      1- EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR.

      a) JUIZ MILITAR
      b) ENCARREGADO DE INQUÉRITO POLICIAL MILITAR
      c) PRESIDENTE DO AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE
      d) PRESIDENTE DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      e) RELATOR DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      f) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      g) PRESIDENTE DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      h) RELATOR DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      i) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE DISCIPLINA

      j) REDUÇÃO DO TEMPO DE CURSO CFO (POIS BOA PARTE DA CARGA HORÁRIA DE DIREITO JÁ ESTARIA INCLUÍDA)
      ...
      2- MELHOR RELACIONAMENTO COM O PODER JUDICIÁRIO
      3- MELHOR ARTICULAÇÃO COM O MINISTÉRIO PÚBLICO
      4- INTEGRAÇÃO COM OS DELEGADOS DE POLÍCIA.
      5- MELHOR DESEMPENHO OPERACIOANAL
      ...
      EU FICARIA ELENCANDO DIVERSOS MOTIVOS PORÉM O MAIS IMPORTANTE SERÁ A QUALIDADE DE SERVIÇO PRESTADA À SOCIEDADE PERNAMBUCANA, ONDE TODOS NÓS POLICIAIS E O ESTADO COMO UM TODO SAIRÍAMOS FORTALECIDOS TERÍAMOS UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E COM MAIS SEGURANÇA.


      UM CAMINHO PARA OS PRAÇAS DA CORPORAÇÃO QUE PRETENDEM GALGAR AO POSTO DO OFICIALATO COM O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E COM CONCURSO INTERNO SERIA O CFOA (CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA ADMINISTRAÇÃO)


      UM FORTE ABRAÇO


      FERNADO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
  2. Acho que o senhor foi infeliz ao dizer que "...só para colocar oficial e formar em pouco tempo, qualquer formação superior seria cabida! Pois é necessário ter apenas uma inteligência mediana...". Só os formados em DIREITO são mais inteligentes? Pessoas com outra formação superior que não seja DIREITO tem inteligência mediana????? Não concordo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUAIS OS MOTIVOS PARA O REQUISITO DE NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO PARA O CFO (CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS)?
      1- EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR.

      a) JUIZ MILITAR
      b) ENCARREGADO DE INQUÉRITO POLICIAL MILITAR
      c) PRESIDENTE DO AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE
      d) PRESIDENTE DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      e) RELATOR DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      f) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      g) PRESIDENTE DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      h) RELATOR DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      i) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE DISCIPLINA

      j) REDUÇÃO DO TEMPO DE CURSO CFO (POIS BOA PARTE DA CARGA HORÁRIA DE DIREITO JÁ ESTARIA INCLUÍDA)
      ...
      2- MELHOR RELACIONAMENTO COM O PODER JUDICIÁRIO
      3- MELHOR ARTICULAÇÃO COM O MINISTÉRIO PÚBLICO
      4- INTEGRAÇÃO COM OS DELEGADOS DE POLÍCIA.
      5- MELHOR DESEMPENHO OPERACIOANAL
      ...
      EU FICARIA ELENCANDO DIVERSOS MOTIVOS PORÉM O MAIS IMPORTANTE SERÁ A QUALIDADE DE SERVIÇO PRESTADA À SOCIEDADE PERNAMBUCANA, ONDE TODOS NÓS POLICIAIS E O ESTADO COMO UM TODO SAIRÍAMOS FORTALECIDOS TERÍAMOS UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E COM MAIS SEGURANÇA.


      UM CAMINHO PARA OS PRAÇAS DA CORPORAÇÃO QUE PRETENDEM GALGAR AO POSTO DO OFICIALATO COM O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E COM CONCURSO INTERNO SERIA O CFOA (CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA ADMINISTRAÇÃO)


      UM FORTE ABRAÇO


      FERNADO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
  3. A verdade é que, independente da formação universitária, o maldito militarismo destrói todos os princípios humanos e psicológicos possíveis, portanto, essa colocação de ser formado em Direito é muito subjetiva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com a opinião acima. Não adianta que o sujeito tenha curso superior, que seja direito ou qualquer outro curso, se a estrutura vai "corrompe-lo" ou no mínimo frustrar-lhe as es expectativas. O militarismo continuando, não haverá solução, pois funciona como um câncer que acaba com qualquer possibilidade da valorização da carreira policial. Só acredito numa mudança acompanhada de valorização profissional e isso só é possível a longo prazo, com a desmilitarização e o expurgo das mentalidades reacionárias formadas a partir dessa base perversa. Isso leva muito tempo!!!

      Excluir
  4. Me desculpe Major...mas de certa foma o senhor faz uma afirmação infeliz em dizer que deveríamos ter apenas oficiais formados em direito. Exemplo dessa contradição é a forma como os comandantes falem suas unidades de forma a se aterem apenas ao militarismo, esquecendo de suas posições como gestores. Se fosse levar em consideração apenas a formação, seria muito mais interessante possuir oficiais formados em administração(gestão) pois de forma muito mais racional, saberia lidar com a tropa sem se ater apenas ao militarismo. Mas, com essa afirmação sua, certamente só traria mais desunião dentro da tropa, pois já é sabido aí fora que muitos "advogados" já se comportam como "autoridades". Tornando-lhes oficiais de polícia, traríamos mais problemas à caserna e, pensando em uma possível "unificação", estaríamos sendo um tanto quanto medíocres em desejar que cada oficial fosse equiparado a um delegado. Portanto, formação superior em qualquer área nos perite ser menos apegados a certos "brios" que já existem em nossa corporção e mais livres, por existirem cabeças pensantes de formações diferentes, para lutar por melhorias tedo em vista que não se existiria apenas uma única área prófissional dentro da PMPE, até por que, a profissão policial militar hoje, é exigida uma formação generalista para que se possa ser mais humano em suas ações.. e isso é a evolução da sociedade que exige. SUPERIOR EM QUALQUER ÁREA JÁ!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu estou falando amigo do cfo, dá polemica, por mim mesmo essa bosta seria concurso interno e que tivesse competencia seria Oficial já que nós temos muitos Soldados formados e com competencia e inteligencia maior de que certos Oficiais mas como o concurso será esterno e pra todos, coloquei duas opções, uma com direito e a outra qualquer curso, mas vc está certo em parte, gosto de posicionamento inteligentes, não fico chateado, continue lendo e comentando isso é bom e demonstra seu interesse pelo blog e em ver menos injustiça . OBG .

      Excluir
    2. Em toda empresa seja ela privada ou pública há diversos cargos nos quais diferenciam de acordo com cada função, por exemplo no Poder Judiciário para exercer a função de Juiz é necessário o requisito do nível superior em direito, já o auxiliar do judiciário quaisquer curso superior e de modo algum o auxiliar do judiciário chegará ao cargo de Juiz sem passar por uma seleção externa aberta para o público externo ou interno, assim como no Poder Executivo estadual no caso da Polícia Civil, jamais um agente (no qual se exige qualquer nível superior) alcançará a função de Delegado sem passar por uma seleção externa aberta tanto para o público interno quanto para o público externo e assim também na Polícia Federal um agente não poderá exercer a função de Delegado Federal sem passar por um concurso aberto, o que não impede que um agente federal competente e preparado consiga uma aprovação no concurso para Delegado, até mesmo nas Forças Armadas nenhum praça será promovido ao posto de Oficial de Carreira (AMAN, AFA ETC) sem um concurso específico, a não ser no quadro administrativo.
      Na Polícia Militar tem um caminho que você poderá galgar ao Posto de Oficial com nível superior em administração e com concurso interno no caso do CFOA ( CURSO DE FOMAÇÃO DE OFICIAIS DA ADMINISTRAÇÃO)
      UM FORTE ABRAÇO
      FERNANDO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP QOPM

      Excluir
    3. É muito desespero kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk CFO PMPE COM DMINIMUIÇÃO DE CARGA HORÁRIA JUSTAMENTE POR CONTA DA GRADUAÇÃO EM DIREITO QUE ISENTARÁ O ALUNO DE MUITAS MATÉRIAS!!! SE FOR QUALQUER CURSO, NÃO TEM COMO FORMAR EM 1 ANO E 6 MESES NÃO............... ESSA TURMA DE DESIGN EM MODA TA QUERENDO SER OFICIAL MESMO... SE FOR QUALQUER CURSO TEM QUE SER 3 ANOS, AI VAI PERGUNTAR A DUDU SE ELE QUER ISSO KKKKKKKKKKK

      Excluir
  5. Desde quando esse curso para oficiais tem que absorver o publico externo ? Infelizmente nossas atuais cabeças pensantes da polícia não vizualiam bons profissionais no público interno. por que esses novos oficiais não poodem ser por concurso onterno apenas, como por exemplo o CFOA, não como esse último,onde a administraçãoesqueceu leis e edital e absorveu "meio mundo de gente" pelo critério da "peixada" e de quem tem mais "Quem Indique", realmente se os critérioas da corporação continuarem sendo esses, não teremos bons profissionais em área nenhuma. Ah! sim, . . . , o público interno não pode, senão os QOAs irão "tomar" os méritos, já falidos, dos QOPMs. Essa picuinha antiga que insiste em perdurar e a mediocriedade aumentar.
    Novos oficiais sim, mes deveriam ser apenas oriundos do público interno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É UM MOMENTO PARA REFLETIRMOS QUANTO A QUALIFICAÇÃO E NÃO APENAS A QUANTIFICAÇÃO, A CARREIRA DO OFICIALATO DEVE CONTER REQUISITOS BÁSICOS PARA OBTERMOS MAIS VALORIZAÇÃO E PRESTARMOS UM MELHOR SERVIÇO PARA SOCIEDADE PERNAMBUCANA, NÃO DEVEMOS APENAS PENSAR O AQUI E AGORA, POIS NO FUTURO, NA RESERVA, SEREMOS SOCIEDADE E NÃO PRESTADORES DE SERVIÇO EM SEGURANÇA PÚBLICA, QUEREMOS SER ATENDIDOS POR PROFISSIONAIS COM CONHECIMENTO APROFUNDADO EM DIREITO OU APENAS SERMOS ATENDIDOS POR PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA SEM O DEVIDO CONHECIMENTO JURÍDICO.
      SE O REQUISITO FOR QUALQUER NÍVEL SUPERIOR ESTARÍAMOS NO MESMO NÍVEL DOS AGENTES, PORÉM SE O REQUISITO FOR NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO ESTARÍAMOS NO PATAMAR QUE OS OFICIAIS DEVEM ESTAR QUANTO A NECESSIDADE E EXIGÊNCIA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TANTO PARA O PÚBLICO INTERNO, POLCIAIS MILITARES, QUANTO O PÚBLICO EXTERNO, SOCIEDADE PERNAMBUCANA.
      DEVEMOS SEGUIR O EXEMPLO DO DISTRITO FEDERAL, GOIÁS, MINAS GERAIS E SANTA CATARINA, OS QUAIS ADOTAM O REQUISITO DE BACHAREL EM DIREITO PARA O CFO, ASSIM COMO SÃO OS ESTADOS COM DESTAQUE OPERACIONAL NO QUADRO NACIONAL.

      FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JUNIOR CAP PM.

      Excluir
  6. PARA AQUELES QUE ACHAM QUE FORMAÇÃO EM DIREITO NO BRASIL É MAIS GABARITADO QUE NAS OUTRAS ÁREAS,VOU COLOCAR UM DADO QUE TALVEZ MUITA GENTE NÃO SAIBA.
    EXISTEM SÓ NO BRASIL,(1.240)MIL DUZENTAS E QUARENTA UNIVERSIDADES DE DIREITO,ENQUANTO QUE NO RESTANTE DO MUNDO EXISTEM (1.100),OU SEJA,TÁ EXPLICADO PORQUE EXISTEM NO BRASIL ESSE MONTE DE BACHARÉIS FEITO NAS COXAS. O ÚLTIMO CONC.CFS PMPE REFORÇA AINDA MAIS,POIS, MUITOS NOVINHOS "BACHARÉIS" FORAM REPROVADOS NO CONCURSO,QUE TEVE DISCIPLINAS DE DIREITO EM 60% DA PROVA INTELECTUAL.
    COM SINCERIDADE,SOU MAIS O MEU ENSINO MÉDIO COMPLETO.
    (FONTE: LEIS E NEGÓCIOS - MARINA DIANA,OUTUBRO DE 2010)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OS OFICIAIS DO QUADRO DE ADMINISTRAÇÃO (QOA)DE CADA OME, OS QUAIS POSSUEM O NÍVEL SUPERIOR EM ADMINISTRAÇÃO DESMISTIFICA O ARGUMENTO DA NECESSIDADE DE OFICIAIS COM CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, POIS JÁ EXISTEM EM CADA OME.

      PORÉM PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR É NECESSÁRIO O NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO CONFORME OS SEGUINTES EXEMPLOS:
      a) JUIZ MILITAR
      b) ENCARREGADO DE INQUÉRITO POLICIAL MILITAR
      c) PRESIDENTE DO AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE
      d) PRESIDENTE DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      e) RELATOR DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      f) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      g) PRESIDENTE DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      h) RELATOR DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      i) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE DISCIPLINA

      TEM TAMBÉM A QUESTÃO DE REDUÇÃO DO TEMPO DE CURSO CFO (POIS BOA PARTE DA CARGA HORÁRIA DE DIREITO JÁ ESTARIA INCLUÍDA) EM VIRTUDE DA NECESSIDADE DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS PARA A COPA DAS CONFEDERAÇÕES E COPA MUNDIAL.


      ALÉM DA JUSTIFICATIVA DA QUALIDADE DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO PARA SOCIEDADE PERNAMBUCANA QUE CLAMA POR UMA POLÍCIA COM MAIS EFICIÊNCIA E EFICÁCIA.

      COM OS OFICIAIS FORMADOS NO NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO OS SUBORDINADOS SERIAM MELHOR ORIENTADOS EM QUESTÕES OPERACIONAIS E ADMINISTRATIVAS SENDO ESTE REQUISITO UM ASPECTO FUNDAMENTAL E POSITIVO PARA O PÚBLICO INTERNO, EXTERNO E A SOCIEDADE PERNAMBUCANA COMO UM TODO.

      FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
  7. Policia Militar de Pernambuco !!! primeiro acho pura falta de valorização dos profissionais que dentro dela existe, onde apartir do momento que vc abre escrições para CFO para pessoas externas que não tem o mínimo de conhecimento da area da Policia Militar, que como aconteceu no ultimo concurso de CFO que uma grande maioria entraram com uma cabeça fechada, e só pensava em comunicar, comunicar, onde a politica de motivaçõa era uma M..... existe o lider e o chefe, entrou foi um bucado de chefe, com uma cultura que os soldados de policia era um bando de ignorante, kkkk, onde prova mais ainda essa situação que tem vários soldados com mestrado, doutorado, e que já saiu da policia e nem sentiu o mínimo de falta da coporação. Precisamos ver valores internos, onde existe grandes profissionais que poderiam deixar essa corporação maravilhosa, ou deixar um bando de ignorante com formação estrelada pra comandar e continuar com esse pensamento arcaíco que nela existe, que enquanto ganhamos aumento de pJES, a Policia Civil, daqui um certo tempo vai ganhar é o dobro do sálario da Policia Militar, SALÁRIO pessoal, eu disse SALÁRIO, e não PJES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A QUESTÃO É A VISÃO MACRO E COLETIVA EM BENEFÍCIO DA POLÍCIA MILITAR ( INDEPENDENTE DE POSTO OU GRADUAÇÃO)E DA SOCIEDADE, E NÃO O FOCO INDIVIDUAL, ONDE SÓ ALGUNS SAIRIAM "GANHANDO".

      NÃO DEVEMOS SOBREPOR O INTERESSE PARTICULAR EM RELAÇÃO AO INTERESSE COLETIVO, POR ISTO REAFIRMO QUE PARA QUE HAJA UMA MELHORA QUALITATIVA E NÃO APENAS QUANTITATIVA É NECESSÁRIO O REQUISITO DE NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO PARA O CFO, POIS PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR É FUNDAMENTAL TAL REQUISITO.

      AFORA A NECESSIDADE DESTE CONHECIMENTO JURÍDICO, TEMOS O ASPECTO ADMINISTRATIVO E OPERACIONAL QUE SERIAM RENOVADOS E APERFEIÇOADOS PARA OS PERNAMBUCANOS E TODOS NÓS OFICIAIS, PRAÇAS, JUÍZES, PROMOTORES, DELEGADOS E A SOCIEDADE COMO UM TODO, NOS SENTIRÍAMOS PREMIADOS COM UMA POLÍCIA DE QUALIDADE E NÃO DE QUANTIDADE.

      FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  8. CARO MAJOR EM DIVERSAS VEZES CONCORDEI COM O SENHOR, POIS ACHO QUE POUCOS OFICIAIS TEM A MENTALIDADE QUE TEM O SENHOR,PORÉM DIZER QUE SERIA BOM APENAS PESSOAS COM FORMAÇÃO EM DIREITO PARA SER GABARITADO A CONCORRER AO CFO E DÁ UM TIRO NO PÉ,POIS TEMOS ÓTIMOS OFICIAIS SEM QUE SE TENHA NESCESSARIAMENTE O CURSO DE DIREITO EM CONTRAPARTIDA TEMOS ALGUNS OFICIAIS QUE SÃO VERDADEIROS "CORONÉIS" FORMADO EM DIREITO, E O SENHOR SABE DISSO,100% DAS EMPRESAS BUSCAM SEUS GESTORES PARA O CRESCIMENTO DELAS E POSSO GARANTIR COM MINHA EXPERIÊNCIA QUE NENHUM É FORMADO EM DIREITO GOSTARIA QUE O SENHOR REFLETISSE UM POUCO SOBRE SUA OPINIÃO POIS AO MEU VER FOI UMA OPINIÃO INFELIZ.
    UM ABRAÇO AO MELHOR OFICIAL DA PMPE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OS OFICIAIS DO QUADRO DE ADMINISTRAÇÃO (QOA)DE CADA OME, OS QUAIS POSSUEM O NÍVEL SUPERIOR EM ADMINISTRAÇÃO DESMISTIFICA O ARGUMENTO DA NECESSIDADE DE OFICIAIS COM CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, POIS JÁ EXISTEM EM CADA OME.

      PORÉM PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR É NECESSÁRIO O NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO CONFORME OS SEGUINTES EXEMPLOS:
      a) JUIZ MILITAR
      b) ENCARREGADO DE INQUÉRITO POLICIAL MILITAR
      c) PRESIDENTE DO AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE
      d) PRESIDENTE DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      e) RELATOR DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      f) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      g) PRESIDENTE DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      h) RELATOR DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      i) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE DISCIPLINA

      TEM TAMBÉM A QUESTÃO DE REDUÇÃO DO TEMPO DE CURSO CFO (POIS BOA PARTE DA CARGA HORÁRIA DE DIREITO JÁ ESTARIA INCLUÍDA) EM VIRTUDE DA NECESSIDADE DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS PARA A COPA DAS CONFEDERAÇÕES E COPA MUNDIAL.


      ALÉM DA JUSTIFICATIVA DA QUALIDADE DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO PARA SOCIEDADE PERNAMBUCANA QUE CLAMA POR UMA POLÍCIA COM MAIS EFICIÊNCIA E EFICÁCIA.

      COM OS OFICIAIS FORMADOS NO NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO OS SUBORDINADOS SERIAM MELHOR ORIENTADOS EM QUESTÕES OPERACIONAIS E ADMINISTRATIVAS SENDO ESTE REQUISITO UM ASPECTO FUNDAMENTAL E POSITIVO PARA O PÚBLICO INTERNO, EXTERNO E A SOCIEDADE PERNAMBUCANA COMO UM TODO.

      FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
  9. Seria uma boa se o CFO fosse só para o público interno e com formação em qualquer área superior! O Estado ganharia tempo e consequentemente gastaria menos no curso com alunos que já tenham convivências com o militarismo. É mais ao menos assim em alguns Países, o candidato presta concurso para ser Policial (militar ou não) e vai crescendo dentro da própria corporação, por meio de concursos internos ou merecimento, etc.
    Tem pessoas boas dentro da nossa corporação, que gosta de se atualizar, quer crescer profissionalmente e, está se preparando, buscando melhorias. Consequentemente Estado estaria mostrando que se preocupa com seus funcionários públicos militares, e seria mais um incentivo para tropa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em toda empresa seja ela privada ou pública há diversos cargos nos quais diferenciam de acordo com cada função, por exemplo no Poder Judiciário para exercer a função de Juiz é necessário o requisito do nível superior em direito, já o auxiliar do judiciário quaisquer curso superior e de modo algum o auxiliar do judiciário chegará ao cargo de Juiz sem passar por uma seleção externa aberta para o público externo ou interno, assim como no Poder Executivo estadual no caso da Polícia Civil, jamais um agente (no qual se exige qualquer nível superior) alcançará a função de Delegado sem passar por uma seleção externa aberta tanto para o público interno quanto para o público externo e assim também na Polícia Federal um agente não poderá exercer a função de Delegado Federal sem passar por um concurso aberto, o que não impede que um agente federal competente e preparado consiga uma aprovação no concurso para Delegado, até mesmo nas Forças Armadas nenhum praça será promovido ao posto de Oficial de Carreira (AMAN, AFA ETC) sem um concurso específico, a não ser no quadro administrativo.
      Na Polícia Militar tem um caminho que você poderá galgar ao Posto de Oficial com qualquer nível superior e com concuso interno no caso do CFOA ( CURSO DE FOMAÇÃO DE OFICIAIS DA ADMINISTRAÇÃO)
      UM FORTE ABRAÇO
      FERNANDO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP QOPM

      Excluir
  10. Meu comando, para ser policial militar não basta apenas ter o curso de direito, tem que colocar como pre-requisito, direito, administração, psicologia, engenharia, arquitetura, medicina, enfermagem, meteorologista, adivinho, entre outros cursos, pois nossa profissão é muito complexa. (ou abre pra todo mundo ou cobre todas essas formações em um unico indivíduo) kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DEVEMOS FICAR EM ALERTA QUANTO AO NIVELAMENTO COM OS AGENTES DA POLÍCIA CIVIL, NADA CONTRA OS AGENTES, ESTOU SIMPLESMENTE FRISANDO QUE O NIVELAMENTO DOS AGENTES SÃO COM OS SOLDADOS(NÍVEL DE EXECUÇÃO E REQUISITO DE NÍVEL MÉDIO OU QUAISQUER NÍVEL SUPERIOR) , COMISSÁRIOS COM OS GRADUADOS( NÍVEL DE ASSESSORIA E REQUISITO DE NÍVEL MÉDIO OU QUAISQUER NÍVEL SUPERIOR ) E NO NÍVEL ESTRATÉGICO OS OFICIAIS COM OS DELEGADOS( NÍVEL DE GERENCIAMENTO E REQUISITO DE NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO DEVIDO A ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA SÓ EXERCIDA POR OFICIAIS DA PMPE)

      SE FICARMOS COM O DISCURSO DE CFO COM QUAISQUER NIVEL SUPERIOR ESTAREMOS EXECUTANDO UM NIVELAMENTO INCOERENTE E FUTURAMENTE NÃO SEREMOS RECONHECIDOS COMO DEVERÍAMOS, OBSERVEM NA PRÁTICA E NÃO NA FALÁCIA QUE A VALORIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DAS POLÍCIAS DO DISTRITO FEDERAL, GOIÁS, SANTA CATARINA E MINAS GERAIS( OS QUAIS ADOTAM COMO REQUISITO DE INGRESSO PARA O CFO NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO) SE DESTACAM TANTO NO ASPECTO OPERACIONAL( PRESTAÇÃO DE SERVIÇO PARA SOCIEDADE) QUANTO NO ASPECTO SALARIAL(MELHORES VENCIMENTOS ),DEIXEMOS DE LADO AS VAIDADES E OS INTERESSES PARTICULARES, FOCANDO A SEGURANÇA PÚBLICA E A DEFESA SOCIAL COMO PRIORITÁRIOS, POIS SÓ ASSIM COLHEREMOS BONS FRUTOS NO FUTURO TANTO PARA OS POLICIAIS DA ATIVA, OS DA RESERVA QUANTO A SOCIEDADE COMO UM TODO.
      CASO CARO(A) ANÔNIMO(A) VOCÊ QUEIRA GALGAR AO POSTO DO OFICIALATO DEVERÁ TER O NÍVEL SUPERIOR EM ADMINISTRAÇÃO E FAZER UM CONCURSO INTERNO PARA O CFOA OU CASO TENHAS O CURSO SUPERIOR EM DIREITO É SÓ SE INSCREVER PARA INGRESSO NO CFO E BOA SORTE.

      UM FORTE ABRAÇO.
      FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
    2. Vale salientar que para galgar esse CFOA, o caro anônimo tem que ser, NO MÍNIMO, 2º SARGENTO, E AINDA TER O CAS (curso de aperfeiçoamento de Sargentos).

      "Com corda ou sem corda", Capitão?

      Excluir
  11. Seria muito bom que o CFO fosse para o público interno e com curso superior em qualquer área, tem muita gente boa na polícia, muito praça super inteligente que tira esse CFO de letra. Agora uma pergunta: Como fica os filhos de Oficiais que não são praças? Assim eles não poderão fazer o concurso, será que a intenção não é esta?
    CFO interno já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em toda empresa seja ela privada ou pública há diversos cargos nos quais se diferenciam de acordo com cada função, por exemplo no Poder Judiciário para exercer a função de Juiz é necessário o requisito do nível superior em direito e seleção com o público externo, já o auxiliar do judiciário quaisquer curso superior e de modo algum o auxiliar do judiciário chegará ao cargo de Juiz sem passar por uma seleção externa aberta para o público externo ou interno, assim como no Poder Executivo estadual no caso da Polícia Civil, jamais um agente (no qual se exige qualquer nível superior) alcançará a função de Delegado sem passar por uma seleção externa aberta tanto para o público externo e assim também na Polícia Federal um agente não poderá galgar ao cargo de Delegado Federal sem passar por um concurso aberto, o que não impede que um agente federal competente e preparado consiga uma aprovação no concurso para Delegado.
      Na Polícia Militar tem um caminho que você poderá galgar ao Posto de Oficial com nível superior em administração e com concurso interno no caso do CFOA ( CURSO DE FOMAÇÃO DE OFICIAIS DA ADMINISTRAÇÃO)
      UM FORTE ABRAÇO
      FERNANDO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP QOPM

      Excluir
  12. É UM MOMENTO PARA REFLETIRMOS QUANTO A QUALIFICAÇÃO E NÃO APENAS A QUANTIFICAÇÃO, A CARREIRA DO OFICIALATO DEVE CONTER REQUISITOS BÁSICOS PARA OBTERMOS MAIS VALORIZAÇÃO E PRESTARMOS UM MELHOR SERVIÇO PARA SOCIEDADE PERNAMBUCANA, NÃO DEVEMOS APENAS PENSAR O AQUI E AGORA, POIS NO FUTURO, NA RESERVA, SEREMOS SOCIEDADE E NÃO PRESTADORES DE SERVIÇO EM SEGURANÇA PÚBLICA, QUEREMOS SER ATENDIDOS POR PROFISSIONAIS COM CONHECIMENTO APROFUNDADO EM DIREITO OU APENAS SERMOS MANUSEADOS PELOS MAGISTRADOS , PROMOTORES OU ATÉ MESMO DELEGADOS DE POLÍCIA SEJAM ELES FEDERAIS OU CIVIS.
    SE O REQUISITO FOR QUALQUER NÍVEL SUPERIOR ESTARÍAMOS NO MESMO NÍVEL DOS AGENTES, PORÉM SE O REQUISITO FOR NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO ESTARÍAMOS NO PATAMAR QUE OS OFICIAIS DEVEM ESTAR QUANTO A NECESSIDADE E EXIGÊNCIA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TANTO PARA O PÚBLICO INTERNO, POLCIAIS MILITARES, QUANTO O PÚBLICO EXTERNO, SOCIEDADE PERNAMBUCANA.
    SEGUE ANEXO EDITAIS DO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFCIAIS DA PM DO DISTRITO FEDERAL, GOIÁS, MINAS GERAIS E SANTA CATARINA .

    FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JUNIOR CAP PM.

    ResponderExcluir
  13. O curso de direito é importante na atividade policial, mas não essencial, tendo em vista que a PMPE CLAMA por profissionais da área de administração, para atuarem, principalmente, na área de RH e afins.

    Do que adianta saber um ou outro artigo e não saber lidar com o principal fator de qualquer organização, que é o FATOR HUMANO???? Observem que Direito não é tudo, principalmente no Brasil:(http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2010/08/concurso-para-promotor-na-paraiba-nao-tem-candidato-aprovado.html - fora os índices vergonhosos nos exames da ordem).

    O fator humano é o maior, melhor, mais difícil e o único meio de se alcançar resultados, em todos e quaisquer empreendimentos humanos.

    Toda e qualquer organização é feita por pessoas, e seus objetivos e propósitos destinam-se, principalmente, às pessoas. São, em essência, pessoas trabalhando para pessoas.

    Para que pessoas trabalhem bem entre si, e obtenham resultados que sirvam às pessoas, é necessário um profundo conhecimento de como se trabalha com pessoas e para pessoas, seus desejos e as suas necessidades, e assim alcançar objetivos.

    Sei que os Oficiais pensam numa equiparação com os demais órgãos (MP, PC), mas não é unicamente através da limitação a um determinado curso no ingresso ao CFO que o governo e a sociedade vão aprovar tal ideia. É preciso muito mais! É através das PESSOAS, da tropa, que a PM pode conquistar tal objetivo, com um serviço eficaz e eficiente para a população, tropas motivadas, serviços diferenciados, etc, etc, etc.

    O ideal seria um concurso, se possível interno, para nível superior em qualquer área, tal qual o cfoA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em toda empresa seja ela privada ou pública há diversos cargos nos quais diferenciam de acordo com cada função, por exemplo no Poder Judiciário para exercer a função de Juiz é necessário o requisito do nível superior em direito, já o auxiliar do judiciário quaisquer curso superior e de modo algum o auxiliar do judiciário chegará ao cargo de Juiz sem passar por uma seleção externa aberta para o público externo ou interno, assim como no Poder Executivo estadual no caso da Polícia Civil, jamais um agente (no qual se exige qualquer nível superior) alcançará a função de Delegado sem passar por uma seleção externa aberta tanto para o público interno quanto para o público externo e assim também na Polícia Federal um agente não poderá exercer a função de Delegado Federal sem passar por um concurso aberto, o que não impede que um agente federal competente e preparado consiga uma aprovação no concurso para Delegado, até mesmo nas Forças Armadas nenhum praça será promovido ao posto de Oficial de Carreira (AMAN, AFA ETC) sem um concurso específico, a não ser no quadro administrativo.
      Na Polícia Militar tem um caminho que você poderá galgar ao Posto de Oficial com qualquer nível superior e com concuso interno no caso do CFOA ( CURSO DE FOMAÇÃO DE OFICIAIS DA ADMINISTRAÇÃO)
      UM FORTE ABRAÇO
      FERNANDO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP QOPM

      Excluir
  14. eu acho assim, cfo era pra ser só quem fosse policial militar, um concurso interno quem tivesse curso superior, nao sendo assim,concurso externo mesmo, em qualquer nivel superior, agora se eles especificarem direito vai ser uma sacanagem muito grande, se fosse para especificar, a melhor opção na pm, seria o curso de administração, ja que oficias atua como gestores,e deixava de lado esse militarismo um pouco

    COM FUNDAMENTO NO TEXTO CONSTITUCIONAL,FICA EVIDENCIADO QUE A POLICIA MILITAR EXERCE A FUNÇÃO DE POLICIA ADMINISTRATIVA,SENDO RESPONSAVEL PELO POLICIAMENTO OSTENSIVO E PREVENTIVO, E PELA MANUTEÇÃO DA ORDEM PUBLICA NOS DIVERSOS ESTADOS DA FEDERAÇÃO

    As Polícias Civis são instituições que exercem funções de polícia judiciária, nasunidades federativas do Brasil cuja função é, de acordo com o artigo 144 da Constituição federal de 1988, o exercício da segurança publica para a preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio. As polícias civis são subordinadas aos governadores dos estados ou do distrito federal e Territórios e dirigidas por delegados de polícia de carreira.Ainda de acordo com o artigo 144, § 4º, da constituição federal, que especifica o papel das Polícias Civis, são funções institucionais destas, ressalvada a competência da União:apurar infrações penais, exceto as militares.o exercício das funções de policia judiciaria

    e se eles pedirem mesmo direito como requisito, e quem passar tiver outro curso superior,pode acionar ao judiciario,pois a lei complementar de ingresso ja vem com falha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A QUESTÃO É A VISÃO MACRO E COLETIVA EM BENEFÍCIO DA POLÍCIA MILITAR ( INDEPENDENTE DE POSTO OU GRADUAÇÃO)E DA SOCIEDADE, E NÃO O FOCO INDIVIDUAL, ONDE SÓ ALGUNS SAIRIAM "GANHANDO".

      NÃO DEVEMOS SOBREPOR O INTERESSE PARTICULAR EM RELAÇÃO AO INTERESSE COLETIVO, POR ISTO REAFIRMO QUE PARA QUE HAJA UMA MELHORA QUALITATIVA E NÃO APENAS QUANTITATIVA É NECESSÁRIO O REQUISITO DE NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO PARA O CFO, POIS PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR É FUNDAMENTAL TAL REQUISITO.

      AFORA A NECESSIDADE DESTE CONHECIMENTO JURÍDICO, TEMOS O ASPECTO ADMINISTRATIVO E OPERACIONAL QUE SERIAM RENOVADOS E APERFEIÇOADOS PARA OS PERNAMBUCANOS E TODOS NÓS OFICIAIS, PRAÇAS, JUÍZES, PROMOTORES, DELEGADOS E A SOCIEDADE COMO UM TODO, NOS SENTIRÍAMOS PREMIADOS COM UMA POLÍCIA DE QUALIDADE E NÃO DE QUANTIDADE.

      FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
  15. Não conheço as realidades de outras Polícias Militares que exigem o Bacharelado em Direito, a exemplo de Goias e Distrito Federal. Mas falo em nossa realidade. Vejo muitos "bacharéis" em nossas Corporações, PM e CBM, que me parecem que fizeram um curso de Direito em Marte, me desculpe os extraterráquios; mas ao se posicionarem falam muita besteira, e imagino ao tomarem decisões! Já outros, ao serem investidos em alguma função de direção se acham os verdadeiros "Juízes", advogam estritamente em favor do Estado, por mais que a lei seja mais favorável ao militar. Isso sim mim preocupa, meio mundo de oficiais "bacharéis" em Direito, se achando donos do mundo, ou melhor, das Corporações. De outro ado, "meia dúzia" de "entendidos" que poderão fazer do conhecimento jurídico um monopólio funcional. Defendo uma abertura de áreas para esse CFO, a exemplo sociológos, cientista político, psicológos, assistentes sociais, engenheiros,.........e também Direito, mas ficar resumido somente a estes não vejo uma boa ideía. Precisamos definir sobre isso, para que não venhamos a nos arrepender mais tarde. Queremos afinal uma Corporação legalista (cheia de "Juristas"), ou uma corporação de segurança pública, interdisciplinar, com oficiais de várias áreas do conhecimento. Fica meu alerta.
    Valter - Ten BM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OS OFICIAIS DO QUADRO DE ADMINISTRAÇÃO (QOA)DE CADA OME, OS QUAIS POSSUEM O NÍVEL SUPERIOR EM ADMINISTRAÇÃO DESMISTIFICA O ARGUMENTO DA NECESSIDADE DE OFICIAIS COM CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, POIS JÁ EXISTEM EM CADA OME.

      PORÉM PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR É NECESSÁRIO O NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO CONFORME OS SEGUINTES EXEMPLOS:
      a) JUIZ MILITAR
      b) ENCARREGADO DE INQUÉRITO POLICIAL MILITAR
      c) PRESIDENTE DO AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE
      d) PRESIDENTE DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      e) RELATOR DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      f) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      g) PRESIDENTE DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      h) RELATOR DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      i) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE DISCIPLINA

      TEM TAMBÉM A QUESTÃO DE REDUÇÃO DO TEMPO DE CURSO CFO (POIS BOA PARTE DA CARGA HORÁRIA DE DIREITO JÁ ESTARIA INCLUÍDA) EM VIRTUDE DA NECESSIDADE DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS PARA A COPA DAS CONFEDERAÇÕES E COPA MUNDIAL.


      ALÉM DA JUSTIFICATIVA DA QUALIDADE DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO PARA SOCIEDADE PERNAMBUCANA QUE CLAMA POR UMA POLÍCIA COM MAIS EFICIÊNCIA E EFICÁCIA.

      COM OS OFICIAIS FORMADOS NO NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO OS SUBORDINADOS SERIAM MELHOR ORIENTADOS EM QUESTÕES OPERACIONAIS E ADMINISTRATIVAS SENDO ESTE REQUISITO UM ASPECTO FUNDAMENTAL E POSITIVO PARA O PÚBLICO INTERNO, EXTERNO E A SOCIEDADE PERNAMBUCANA COMO UM TODO.

      FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
  16. Sou soldado da pmpe e estudante de direito.
    Gostaria de informar que para saber artigo de código penal ou da constituição basta abrir um vade mecum, iniciar um cursinho no nuce ou acrescentar estas cadeiras em qualquer curso de formação policial. Para falar de outra forma: saber códigos e leis deveria ser conhecimento de qualquer cidadão.

    Eu me envergonho em me apresentar como estudante de direito pois reconheço a quantidade de idiota que acha que um curso de direito é baseado em conhecer leis, inclusive dentro da própria faculdade (espero que na pós-graduação as coisas mudem).

    Um curso de direito serve para formar operadores e filósofos do fenômeno jurídico; não apenas das leis, que são apenas um tipo de norma. Um bacharéu, além de estudar a universalidade do fenômeno jurídico e seu perfil histórico, deve dominar a dogmática analítica (teoria das normas e dos ordenamentos), a dogmática hermenêutica (teoria da interpretação) e a teoria da argumentação jurídica. Isso em (quase) NADA é tão essencial para um CFO quanto as cadeiras que são ministradas em cursos de Administração.

    Minha namorada é estudante de administração e, ela sim seria uma ótima oficial, empenhada na gestão dos recursos, preocupada com a ética, com a motivação da tropa...
    Eu, como oficial-jurista, seria um desiludido. Entendido de um mundo e aplicando um "puto". Vou fazer o quê? Ir nas delegacias ensinar aos praças qual a "natureza do fato" no preenchimento do BO? Indicar os artigos do CDME e do Código Penal Militar na hora de canetar os subalternos? Dar suporte aos praças quando a ocorrência envolver um advogado desbocado?

    Os graduados em administração salvariam a PMPE. Saber "lei" é pra qualquer um!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveitando o que falei, as vezes eu me pergunto porque tanto praça e oficial faz curso de Direito. Salvo os concurseiros, a maioria responde que é "porque tem a ver" ou "porque é da área"... Direito tem mais "a ver" com ser cidadão do que ser policial e é "da área" de qualquer pessoa que queira entender e operar sob o universo jurídico.

      Excluir
    2. OS OFICIAIS DO QUADRO DE DA ADMINISTRAÇÃO (QOA)DE CADA OME, OS QUAIS POSSUEM O NÍVEL SUPERIOR EM ADMINISTRAÇÃO DESMISTIFICA O ARGUMENTO DA NECESSIDADE DE OFICIAIS COM CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, POIS JÁ EXISTEM EM CADA OME.

      PORÉM PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR É NECESSÁRIO O NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO CONFORME OS SEGUINTES EXEMPLOS:
      a) JUIZ MILITAR
      b) ENCARREGADO DE INQUÉRITO POLICIAL MILITAR
      c) PRESIDENTE DO AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE
      d) PRESIDENTE DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      e) RELATOR DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      f) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
      g) PRESIDENTE DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      h) RELATOR DO CONSELHO DE DISCIPLINA
      i) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE DISCIPLINA

      TEM TAMBÉM A QUESTÃO DE REDUÇÃO DO TEMPO DE CURSO CFO (POIS BOA PARTE DA CARGA HORÁRIA DE DIREITO JÁ ESTARIA INCLUÍDA) EM VIRTUDE DA NECESSIDADE DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS PARA A COPA DAS CONFEDERAÇÕES E COPA MUNDIAL.


      ALÉM DA JUSTIFICATIVA DA QUALIDADE DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO PARA SOCIEDADE PERNAMBUCANA QUE CLAMA POR UMA POLÍCIA COM MAIS EFICIÊNCIA E EFICÁCIA.

      COM OS OFICIAIS FORMADOS NO NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO, OS SUBORDINADOS SERIAM MELHOR ORIENTADOS EM QUESTÕES OPERACIONAIS E ADMINISTRATIVAS SENDO ESTE REQUISITO UM ASPECTO FUNDAMENTAL E POSITIVO PARA O PÚBLICO INTERNO, EXTERNO E A SOCIEDADE PERNAMBUCANA COMO UM TODO.

      FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

      Excluir
    3. Palavras do nobre Capitão: OS OFICIAIS DO QUADRO DE DA ADMINISTRAÇÃO (QOA)DE CADA OME, OS QUAIS POSSUEM O NÍVEL SUPERIOR EM ADMINISTRAÇÃO DESMISTIFICA O ARGUMENTO DA NECESSIDADE DE OFICIAIS COM CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, POIS JÁ EXISTEM EM CADA OME.

      _________________________________________________

      Acho que o sr. não foi muito feliz nas suas colocações. Os Oficiais do CFOA possuem o quê? NÍVEL SUPERIOR EM ADMINISTRAÇÃO? Capitão, de Administração os Oficiais do CFOA só possuem o quadro da qual pertencem mesmo, porque CURSO DE ADMINISTRAÇÃO eu nunca vi um possuir, e olhe que eu já vi vários.

      Excluir
    4. mimimimimimimimimimimimimi o choro é livre, se é concurso, logo temos que só "os mais competentes" irão passar, aprovo sim vagas só para "Bacharel" em Direito, teve um cara aqui logo acima que diz ser estudante de dogmática, aquela fantasia toda aqui na discussão e digitou "bachareu" é por isso que vc sente vergonha de ser estudante de Direito, pois vc com toda certeza do mundo, não se formou na: FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE - UFPE, vc deve ter se formado na famosa e conhecida: "pagou passou". Vários soldados ai falando de alunos de Direito que não passaram na prova do CFS, lembrem passaram 105 candidatos, o resto é esmola do governo ou sub-judice, então não podemos comparar um concurso de nivel superior para o oficialato, com concurso para praças... quem estiver achando ruim o militarismo: "pede para sair" é simples, se eu lograr êxito nesse certame, serei garantista, aplicarei o regulamento.

      Excluir
  17. DEVEMOS FICAR EM ALERTA QUANTO A NIVELAMENTO COM OS AGENTES DA POLÍCIA CIVIL, NADA CONTRA OS AGENTES, ESTOU SIMPLESMENTE FRISANDO QUE O NIVELAMENTO DOS AGENTES SÃO COM OS SOLDADOS(NÍVEL DE EXECUÇÃO), COMISSÁRIOS COM OS GRADUADOS( NÍVEL DE ASSESSORIA) E NO NÍVEL ESTRATÉGICO OS OFICIAIS COM OS DELEGADOS.
    SE FICARMOS COM O DISCURSO DE CFO COM QUAISQUER NIVEL SUPERIOR ESTAREMOS EXECUTANDO UM NIVELAMENTO INCOERENTE E FUTURAMENTE NÃO SEREMOS RECONHECIDOS COMO DEVERÍAMOS, OBSERVEM NA PRÁTICA E NÃO NA FALÁCIA QUE A VALORIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DAS POLÍCIAS DO DISTRITO FEDERAL, GOIÁS, SANTA CATARINA E MINAS GERAIS( OS QUAIS ADOTAM COMO REQUISITO DE INGRESSO PARA O CFO NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO) SE DESTACAM TANTO NO ASPECTO OPERACIONAL( PRESTAÇÃO DE SERVIÇO PARA SOCIEDADE) QUANTO NO ASPECTO SALARIAL(MELHORES VENCIMENTOS ),DEIXEMOS DE LADO AS VAIDADES E OS INTERESSES PARTICULARES, FOCANDO A SEGURANÇA PÚBLICA E A DEFESA SOCIAL COMO PRIORITÁRIOS, POIS SÓ ASSIM COLHEREMOS BONS FRUTOS NO FUTURO TANTO PARA OS POLICIAIS DA ATIVA, OS DA RESERVA QUANTO A SOCIEDADE COMO UM TODO.

    FERNANDO ANTÔNIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

    ResponderExcluir
  18. QUAIS OS MOTIVOS PARA O REQUISITO DE NÍVEL SUPERIOR EM DIREITO PARA O CFO (CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS)

    1- EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR.
    a) ENCARREGADO DE INQUÉRITO POLICIAL MILITAR
    b) PRESIDENTE DO AUTO DE PRISÃO EM FLAGRANTE
    c) PRESIDENTE DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
    d) RELATOR DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
    e) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE JUSTIFICAÇÃO
    f) PRESIDENTE DO CONSELHO DE DISCIPLINA
    g) RELATOR DO CONSELHO DE DISCIPLINA
    h) ESCRIVÃO DO CONSELHO DE DISCIPLINA
    ...
    2- MELHOR RELACIONAMENTO COM O PODER JUDICIÁRIO
    3- MELHOR ARTICULAÇÃO COM O MINISTÉRIO PÚBLICO
    4- INTEGRAÇÃO COM OS DELEGADOS DE POLÍCIA.
    5- MELHOR DESEMPENHO OPERACIOANAL

    EU FICARIA ELENCANDO DIVERSOS MOTIVOS PORÉM O MAIS IMPORTANTE SERÁ A QUALIDADE DE SERVIÇO PRESTADA À SOCIEDADE PERNAMBUCANA, ONDE TODOS NÓS POLICIAIS E O ESTADO COMO UM TODO SAIRÍAMOS FORTALECIDOS TERÍAMOS UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E COM MAIS SEGURANÇA.

    FERNADO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

    ResponderExcluir
  19. CFO PM e BM, o cara só sai da Academia pronto pra fazer faxina e marchar. Seria muito mais prático cursar na ADLIM.

    ResponderExcluir
  20. A QUESTÃO DE QUALIFICAÇÃO EM QUALQUER EMPRESA SEJA ELA PÚBLICA OU PRIVADA É UM PONTO CRUCIAL PARA O SEU DESENVOLVIMENTO, ASSIM DEVEMOS LEVAR A SÉRIO O TEMA DO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAS DA ACADEMIA DE POLÍCIA DO PAUDALHO, HOJE DENOMINADA CEMATA(CAMPUS DE ENSINO DA MATA )POIS SÓ ASSIM NOS ERGUEREMOS COMO INSTITUIÇÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA VOLTADA PARA A DEFESA SOCIAL, SENDO ASSIM TENHO A PLENA CERTEZA QUE O CFO COM O REQUISITO DE BACHAREL EM DIREITO É A PEDRA FUNDAMENTAL PARA AS TRANSFORMAÇÕES POSITIVAS
    FERNANDO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP PM

    ResponderExcluir
  21. mimimimimimimimimimimimimi o choro é livre, se é concurso, logo temos que só "os mais competentes" irão passar, aprovo sim vagas só para "Bacharel" em Direito, teve um cara aqui logo acima que diz ser estudante de dogmática, aquela fantasia toda aqui na discussão e digitou "bachareu" é por isso que vc sente vergonha de ser estudante de Direito, pois vc com toda certeza do mundo, não se formou na: FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE - UFPE, vc deve ter se formado na famosa e conhecida: "pagou passou". Vários soldados ai falando de alunos de Direito que não passaram na prova do CFS, lembrem passaram 105 candidatos, o resto é esmola do governo ou sub-judice, então não podemos comparar um concurso de nivel superior para o oficialato, com concurso para praças... quem estiver achando ruim o militarismo: "pede para sair" é simples, se eu lograr êxito nesse certame, serei garantista, aplicarei o regulamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que grande besteira o autor do texto acima ter digitado "bacharéu".
      Você mesmo "engoliu" várias acentuações e pontuações das palavras!!!!!! mimimimimimimimimimimimimimimimi


      O autor do texto acima está de parabéns!!

      Excluir
    2. mimimimimimimimimimimimimi o choro é livre, se é concurso, logo temos que só "os mais competentes" irão passar, aprovo sim vagas só para "Bacharel" em Direito, teve um cara aqui logo acima que diz ser estudante de dogmática, aquela fantasia toda aqui na discussão e digitou "bachareu" é por isso que vc sente vergonha de ser estudante de Direito, pois vc com toda certeza do mundo, não se formou na: FACULDADE DE DIREITO DO RECIFE - UFPE, vc deve ter se formado na famosa e conhecida: "pagou passou". Vários soldados ai falando de alunos de Direito que não passaram na prova do CFS, lembrem passaram 105 candidatos, o resto é esmola do governo ou sub-judice, então não podemos comparar um concurso de nivel superior para o oficialato, com concurso para praças... quem estiver achando ruim o militarismo: "pede para sair" é simples, se eu lograr êxito nesse certame, serei garantista, aplicarei o regulamento.

      Excluir
    3. Concordo com o anônimo que apoia o requisito de curso de direito, não devemos jugá-lo por expor uma opinão, até porque sua opinião, dentre as opinões esplanadas, é a mais coerente, porém você anônimo oportunista que quer entrar no CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS pela janela é que é alma sebosa, que só pensa em si, egoísta, e tem um visão muito pequena em termos PROFISSIONAIS, precisamos de Oficiais urgente para a copa do mundo de 2014, e se o cfo for quaisquer curso, não teremos oficiais formados em 2014, por isto a necessidade do pre requisito de bacharel em direito, pois só assim o cfo poderá ser realizado em um ano e meio pelo motivo de diminuir a carga horária relativa aos assuntos de DIREITO, caso contrário não será possível diminuir a carga horária e sim aumentá-la, pois uma pessoa formada em administração, economia doméstica ou ballet não tem formação jurídica.

      Excluir
  22. Major , Porque ele nao sera aberto para quem ainda nao tem um curso superior ?

    ResponderExcluir
  23. E A IDADE PARA QUEM JA É DA PM VAI SER LIVRE ??/ ACHO UM GRANDE ERRO O PM QUE É DA CORPORAÇAO SO PQ PASSOU UM POUCO DA IDADE NAO TEM NAIS OPORTUNIDADE DE CRESCER DENTRO DA SUA PROFISSAO >>>> POR ISSO A TROPA ESTA DESMOTIVADA NAO TEMOS MUITO PARA ONDE CORRER ;;

    ResponderExcluir
  24. onde tem a informação que será apenas de nível superior?se possível respondam,pois na folha de pernambuco informaram nível médio!!!E TB Não deveríamos nos empenhar em se igualar com a policia civil e sim termos nossos próprios caminhos trilhados entrando soldado e podendo sair no ultimo posto da pmpe,CORONEL na ATIVA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em toda empresa seja ela privada ou pública há diversos cargos nos quais se diferenciam de acordo com cada função, por exemplo no Poder Judiciário para exercer a função de Juiz é necessário o requisito do nível superior em direito e seleção com o público externo, já o auxiliar do judiciário quaisquer curso superior e de modo algum o auxiliar do judiciário chegará ao cargo de Juiz sem passar por uma seleção externa aberta para o público externo ou interno, assim como no Poder Executivo estadual no caso da Polícia Civil, jamais um agente (no qual se exige qualquer nível superior) alcançará a função de Delegado sem passar por uma seleção externa aberta tanto para o público externo e assim também na Polícia Federal um agente não poderá galgar ao cargo de Delegado Federal sem passar por um concurso aberto, o que não impede que um agente federal competente e preparado consiga uma aprovação no concurso para Delegado.
      Na Polícia Militar tem um caminho que você poderá galgar ao Posto de Oficial com nível superior em administração e com concurso interno no caso do CFOA ( CURSO DE FOMAÇÃO DE OFICIAIS DA ADMINISTRAÇÃO)
      UM FORTE ABRAÇO
      FERNANDO ANTONIO MAGNATA JÚNIOR CAP QOPM

      Excluir
    2. Se possível, queria saber se para ser do quadro de oficiais administrativo(QOA)o candidato apenas terá acesso se tiver curso superior em administração ou em qualquer área?

      Excluir
  25. Acho que um conjunto de coisas são necessárias para se formar um oficial que não cause repúdio à tropa com seu "achismo exacerbado".

    Não acredito que seja uma perda qualitativa o ingresso de graduados em outros cursos, entendo a importância do conhecimento de direito para o exercício da função policial, mas não devemos ignorar que atualmente as pessoas que se preparam para concurso público tem um conhecimento bastante satisfatório de direito (falo dos melhores, claro que devemos nivelar pela excelência, nunca pela mediocridade). Que se cobre na prova teórica conhecimentos em direito utilizados na vida prática.

    Não devemos falar do que não conhecemos, talvez alguns entendam bastante de direito na PMPE (louvável e necessário), mas existe uma gama muito maior de coisas que estes ignoram, desconhecem. Acho oportuno citar o adágio popular: "Se o vizinho quebrar a perna, não significa que andarei mais rápido". Ninguém perderá nada do que já conquistou e não será em nada prejudicado pelas pessoas brilhantes em outras áreas de conhecimento que conhecerão no exercíco de seu ministério, cabe a cada um aproveitar ao máximo o que estas demais pessoas podem acrescentar.

    A PMPE é enorme, existem diversas funções e tenho certeza que todos os conhecimentos poderão ser aproveitados em vários setores e servirão para complementar o conhecimento dos mais brilhantes e eloquentes juristas que, atualmente ou no futuro, façam parte do quadro.

    Abraço cordial.

    ResponderExcluir
  26. Sou policial militar e sei que realmente devemos analisar, planejar e posteriormente executar, sendo assim se não analisarmos, se não planejarmos, futuramente quando reivindicarmos o nosso reconhecimento não seremos atendidos e nem contemplados pela decisão tomada no presente, se os sálarios dos Oficiais aumentarem por consequência os dos praças também , assim como se os salários dos praças aumentarem os dos Oficiais também aumentarão, como efeito dominó, e é por todos estes motivos esplanados que defendo o requisito de Bacharel em Direito para o concurso dos Oficias do Quadro Operacional e Gerencial do QOPM, e o requisito de administração para os Oficiais do Quadro de Administração do QOA e quaisquer nivel superior para os praças, só assim conseguiremos atingir as metas e objetivos do Governo.

    ResponderExcluir
  27. Sabemos que cada profissional tem suas qualidades e especialidades, não devemos nunca esquecer que para exercer determinadas funções são necessários alguns requisitos, como por exemplo para a função de Juiz, Promotor, Delegado dentre outros cargos públicos o requisito de Bacharel em Direito é essencial, e sem querer desmerecer o auxiliar do judiciário, auxiliar da promotoria, agente da Polícia Civil e o agente Polícia Federal verificamos que a qualidade destes agentes, os quais possuem quaisquer nível superior, não se compara com a dos Juízes, Promotores e Delegados, por todos estes fatores temos a plena certeza que o requisito em Bacharel em Direito para os Oficiais do QOPM fará o diferencial qualitativo que a Polícia Militar necessita, e só assim deixaremos de lado o fator quantitativo para dar o salto qualitativo que todos nós como sociedade merecemos.

    ResponderExcluir
  28. COMENTA-SE QUE SERÁ QUAISQUER NÍVEL SUPERIOR PARA O CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS, A SOCIEDADE PERNAMBUCANA COMO UM TODO SAIRÁ PERDENDO, OS CONFLITOS DE DIFERENÇAS SALARIAIS CONTINUARÃO, AS DIFERENÇAS NOS NÍVEIS ESTRATÉGICOS TAMBÉM, O NIVELAMENTO IMPRUDENTE, INCONSEQUENTE, INCOERENTE, INJUSTAMENTE, DESPROPORCIONALMENTE COM OS AGENTES DA POLÍCIA CIVIL SERVIRÁ DE ARGUMENTAÇÃO PARA DESVALORIZAR AINDA MAIS NOSSA CORPORAÇÃO, AQUELES SOLDADOS QUE QUEREM GALGAR AO POSTO DO OFICIALATO DE MODO IRRESPONSÁVEL, EGOÍSTA, MESQUINHO, COM QUAISQUER CURSO COMO O DE ECONOMIA DOMÉSTICA POR EXEMPLO, SEM QUERER DESMERECER O CURSO, QUE DEVE SER APLICADO EM QUALQUER PROFISSÃO, MENOS A DE POLICIAL MILITAR, E MUITO MENOS AO CARGO DE OFICIAL DA POLÍCIA MILITAR CUJA FUNÇÃO DENTRE AS DIVERSAS DE POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR COMO A DE JUIZ MILITAR EXIGEM O REQUISITO DE BACHAREL EM DIREITO, NÃO HÁ MOTIVO PARA NÃO SER O REQUISITO DE BACHAREL EM DIREITO, NÃO HÁ REPERCURSÃO FINANCEIRO PARA O ESTADO, CADA DECISÃO QUE TOMAMOS OU QUE NÃO TOMAMOS POR OMISSÃO, FUTURAMENTE SOFREREMOS AS CONSEQUÊNCIAS, COMO ESTAMOS SOFRENDO AGORA, É HORA DE UNIRMOS, É HORA REAGIRMOS, É HORA DE ACORDARMOS DESTE BERÇO ESPLÊNDIDO E SAIRMOS DESTA INERCIA, SOMOS FORTE, SOMOS CAPAZES, SOMOS IMPORTANTES, TODOS NÓS POLICIAIS MILITARES, NÃO DEIXEM QUE OS AMADORES DE SEGURANÇAS ACABEM COM A NOSSA INSTITUIÇÃO, QUE PLANTEM IDEIAS FALSAS, QUE ESTÃO SENDO ABSORVIDAS MAIS FACILMENTE PELOS POUCOS SOLDADOS E SARGENTOS SEM DISCERNIMENTO EM DEFESA SOCIAL E SEGURANÇA PÚBLICA, ALGUNS POLÍTICOS SÓ SE INTERESSAM NO PRESENTE, PORÉM TODOS NÓS, SEJA SOCIEDADE OU INSTITUIÇÃO POLICIAL, RESPONDEREMOS PELOS NOSSOS ATOS EGOÍSTAS E MESQUINHOS OU PELA NOSSA OMISSÃO, POIS NO FUTURO SEREMOS SOCIEDADE E NÃO INSTITUIÇÃO, ESTAREMOS DO OUTRO LADO DO BALCÃO SENDO SERVIDOS POR PROFISSIONAIS SEM O DEVIDO CONHECIMENTO JURÍDICO.

    ResponderExcluir