domingo, 21 de abril de 2013

21 DE ABRIL - PARABENS A TIRADENTES, PATRONO DAS POLICIAIS MILITARES DO BRASIL


UMA MORTE, UM IDEALISMO, UMA LIBERDADE. TIRADENTES, 21 DE ABRIL, MORRE POR FALAR A VERDADE, POR BUSCAR A JUSTIÇA E A LIBERDADE. NADA A VER COM OS IDEAIS  DAS INSTITUIÇÕES.
MORRE POR UMA TRAIÇÃO, UM ELEMENTO VIL, QUE INFILTRADO, MEDROSO SE VENDE AOS PODEROSOS DOMINADORES.  


 NO BRASIL, NO DIA 21 ABRIL, AS POLICIAIS MILITARES DE TODOS OS ESTADOS COMEMORAM O DIA DO POLICIAL MILITAR, ANTES COSTUMÁVAMOS TER GRANDE SOLENIDADES, PROMOÇÕES, ENTREGA DOS ESPADINS AOS NOVOS CADETES, INICIO DE TURMAS DE SOLDADO, MINHA DATA DE PRAÇA MESMO É DE 21 ABRIL 1988.  E NO DIA 21 ABRI 1990 RECEBI O ESPADIN, SIMBOLO DO ALUNO DO CURSO DE OFICIAIS, NA EXTINTA APMP, ACADEMIA DE POLICIA MILITAR DE PAUDALHO, HOJE CEMATA. NÃO É SAUDOSISMO, MAS A TRADIÇÃO E A HISTÓRIA ESTÁ SENDO JOGADA NA LATA DO LIXO E ACEITA PELAS LIDERANÇAS, OU PELOS CABEÇAS, JÁ QUE NÃO TEMOS LIDERANÇAS. HOJE NESTE DIA QUERO PODER DIZER AOS MEUS AMIGOS POLICIAIS MILITARES PARABÉNS PELO DIA, PELA DEDICAÇÃO DOS SENHORES, MAS SEM FESTA E EMPOLGAÇÃO, JÁ QUE ESTAMOS VENDO PESSOAS INESCRUPULOSAS DETONANDO A INSTITUIÇÃO NA NOSSA FRENTE E NADA ESTÁ SENDO FEITO. QUEREM ACABAR COM O MILITARISMO, FAÇAM LOGO, MAS NÃO DEIXEM ACABAR COM A POLÍCIA. HOJE MAIS DE 70% D TROPA ESTÁ DESMOTIVADA. NADA PARA COMEMORAR, A NÃO SER A BOA VONTADE DOS QUE SERVEM DE ESCADA PARA OS IMBECIS, MANIQUEUS E ENRROLÕES E EMBUSTEIROS.  




10 comentários:

  1. Nada a ver com PMPE.

    ResponderExcluir
  2. É verdade galho de mato vivemos uma instituição falida, onde nossos "chefes" podemos assim dizer não querem perder seus cargos, por isso não lutam nem questionam nada, só fazem balançar a cabeça positivamente para o governo; nossa tropa está insatisfeitissima, viaturas sucateadas (principalmente no interior), salarios injustos (um novinho ganha igual ao antigo com 20 anos, cadê o plano de cargos e carreira?), promoções só para os "peixes" (cadê que Leonardo foi promovido, a meta não foi atingida?), se for listar aqui meu amigo é muita coisa, tomara que ainda vejamos alguma mudança antes de nossa reforma.

    ResponderExcluir
  3. Bem oportuna suas colocações major, nossa corporação perdeu a essência, ou o que lhe era pertinente. O que vemos atualmente é um bando de civis mandando e desmandando nela, como se fosse dono da briosa PMPE, posso até afirmar categoricamente, não sei se hoje eu tenho medo dos bandidos ou medo desses civis infiltrados.É como o amigo falou, nada de empolgação, nada de comemoração, só desilusões a perder de vista.

    ResponderExcluir
  4. GaI de mato, sinto muito que a instituição PMPE está totalmente fracassada, mas lenbre-se que quem fez ela ficar assim foi os próprios oficiais, mas precisamos urgentemente inaugurar um museu. Pra colocar todos os cacos dentro e quando algum PM tiver recordações desse tempo, poderã derramar suas lagrímas dentro desse museu cheios de amarguras do tempo em que os Milires reinavam. O tempo agora é outro e quem manda na PMPE são as autoridades civis ( DELEGADO FEDERAL) como vcs são insistente. Sou Cb PM

    ResponderExcluir
  5. ESTA INSTITUIÇAO AINDA TEM UO SENHOR FEUDAL E ALGUNS RESQUICIOS DE CAPITAES DO MATO MAIS ISTO LOGO LOGO IRA ACABAR SAO SO ALGUNS QUE AINDA INSISTEM EM SEREM CAPITAES DO MATO E QUEREM ESCRAVISAR A TROPA

    ResponderExcluir
  6. Tiradentes, Joaquim José da Silva Xavier, nunca foi herói e nem mesmo morreu enforcado.
    Esse infame traidor da coroa e mentiroso queria a liberdade só para Minas Gerais.
    E, mais, ele era contra a abolição da escravidão. Se dependesse dele, o Brasil seria como o restante da América Latina: dezenas de republiquetas divididas e pobres.
    Tiradentes não se sacrificou. Foi condenado à morte pelo crime de alta traição (e outro pagou pelo crime). E convenhamos: para a época, ele foi julgado com muita benevolência.
    Se isso acontecesse em outro país civilizado da época, Tiradentes seria executado sem a chance de explicar o que fez. Pelo contrário, aqui ele recebeu o devido processo legal, mesmo estando numa colônia das américas. O procedimento judicial de apuração durou anos. O alferes ainda recebeu o benefício da forca antes de sofrer o esquartejamento. Em outros países, ele não teria essa regalia.Fonte:http://blogreportando.blogspot.com.br/search?updated-min=2012-01-01T00:00:00-08:00&updated-max=2012-06-22T05:47:00-07:00&max-results=50&start=45&by-date=false

    ResponderExcluir
  7. Esse comentário foi muito bem, Explicado. Valeu. Sou Cb PM

    ResponderExcluir
  8. Sr. Major Pires, o conhecí ainda quando o senhor era praça, do Antigo 2 de Ouro, hoje segundo informes, nem 2 de Prata. Sua dedicação profissional é inquestionável, não tô "bajulando", falo isso porque como disse o conhecí ainda praça e quando o senhor, formou-se oficial, trabalhei sob seu comando. O que o diferencia é a hierarquia, portanto dentro da respeito, o senhor sempre vinha com alguma proposta, sugestão etc, etc..., isso na ótica profissional. É lamentável tudo que se vê hoje na "Gloriosa". Me sinto um turista quando vou ao Derby, coisa que aliás dexei de fazer, uma vez que tudo é diferente, quando falo tudo não generalizo, mais sua experiência no CMH dar uma prova, de como estamos. Hoje sou carbono e, como os demais praças que vive na mesma situação a frustação é grande para não falar humilhação. Aproveito para solicitar ao Major que olhe pelos carbonos (RRs, Aposentados e Pensionistas). Para aqueles que ainda não chegaram lá, mais que estão "doidos" para chegarem, peço que antes de mais nada, preparem-se pois as desilusões são muitas, as injustiças contras os que passaram 30 anos de serviço na PM, vivem nos dias atuais, na mais pura sarjeta.
    Senhor Major Pires, olhe por nós.

    ResponderExcluir