quinta-feira, 11 de outubro de 2012

GOVERNADOR EVITA, COM RAZÃO, EM FALAR EM ELEIÇÕES DE 2014








Depois de participar hoje (10), em Brasília, de uma reunião da Executiva Nacional do PSB, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que também preside a legenda, evitou falar na sucessão presidencial de 2014. Segundo ele, o momento é de pensar no segundo turno das eleições, na qual partido vai disputar a prefeitura de sete cidades: três capitais, Fortaleza (CE), Cuiabá (MT) e Porto Velho (RO) e também nos municípios de  Duque de Caxias (RJ), Petrópolis (RJ), Uberaba (MG) e Campinas (SP).

A  partir deste fim de semana, a estratégia do partido é colocar suas principais lideranças nacionais da sigla para reforçar os palanques. Campos disse que vai participar pessoalmente da campanha nas sete cidades em que o partido está na disputa e depois ajudar em palanques de outros partidos. Um deles será o do candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, que disputa com o candidato do PSDB, José Serra, o comando da capital paulista. (DIARIO DE PERNAMBUCO)

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir